As palavras

Nenhum texto alternativo automático disponível.


As palavras,
todas,
puro contrabando.
A língua,
alfabeto de impurezas,
brilha,
inteira,
no quarto escuro
dos desejos.
Do carbono
de anos tatuados
de abandono.
ao diamante
do amor mais intenso,
tudo pulsa no poema.


Comentários

Postagens mais visitadas