quinta-feira, 23 de março de 2017

Frank O’Hara





















Desde que o atropelei em 1966 com meu velho jipe em Fire Island, Frank O’Hara, apesar de morto, nunca mais teve sossego. De vez em quando volto a maltratá-lo. Aqui a prova de mais um crime.


As Planned 

After the first glass of vodka
you can accept just about anything
of life even your own mysteriousness
you think it is nice that a box
of matches is purple and brown and is called
La Petite and comes from Sweden
for they are words that you know and that
is all you know words not their feelings
or what they mean and you write because
you know them not because you understand them
because you don't you are stupid and lazy
and will never be great but you do
what you know because what else is there?

In The Collected Poems of Frank O'Hara – University of California Press, 1995, p. 382.
  
****

Como planejado

Depois do primeiro copo de vodca
você pode aceitar da vida
quase tudo, até o próprio mistério
pense como é lindo que uma caixa
de fósforos seja roxa e marrom, chame-se
La Petite e tenha vindo da Suécia
estas são palavras que você conhece e isso é tudo
o que você sabe, as palavras não os seus sentimentos
nem o que significam e escreve porque
as conhece embora não as entenda
porque não é estúpido e indolente
e nunca será um grande mas faz
o que sabe porque o que mais poderia fazer?

(Tradução minha)

Cica dos oitis

Cica dos oitis      Um contrassamba para Hélio Oiticica O sol cica dos oitis seca redundância um gole de parangolé pin...