segunda-feira, 20 de março de 2017

Fora a chuva

Resultado de imagem para chuva e poemarain and poem


Fora a chuva,
não há nada pra mim lá fora.
Abro o guarda-chuva
no canto mais escuro da lanchonete,
peço café com torradas
como quem pede desculpa.
A bolsa carteiro acomodada
na cadeira de plástico mambembe,
posso esperar a vida passar
depois de alagar de sonhos
velhas avenidas do tempo.
Mastigo com calma suicida
a fatia ainda quente,
enquanto o café esfria.
Mastigo lentamente um continente fugidio,
o sabor dos dias na ponta da língua
em agridoce prolongamento
como se houvesse no céu da boca
sol capaz de dissolver o mundo.


Cica dos oitis

Cica dos oitis      Um contrassamba para Hélio Oiticica O sol cica dos oitis seca redundância um gole de parangolé pin...