Papel sem pauta






Papel sem pauta

Entro no poema
improvisado
de bruxo;
por outra porta
secreta
do papel
escapam tigres
listrados
de luto.


Comentários

Postagens mais visitadas