A carta



 
Trabalho do pintor angolano Euletério Silva















Carta destinada
ao filho
grafada com tanto
ódio e mágoa
que não o encontra
vivo.

A alegria
avessa à vida extraviada
vira alvo
e o texto é apenas
aquilo que nele se rasga.

A caligrafia da carta
é o gatilho
da arma capaz
de matar o próprio filho.


Comentários

Postagens mais visitadas