Hiato

Trabalho do artista holandês Berndnaut Smilde


















Do instante que se foi
no vento
nenhuma sílaba
salvou-se
ao cair
linguagem nas águas.
Cisão das asas
em linhas tortas
com as quais se corta
todas as letras
do minuto extremo
que passa,
ultrapassa,
transpassa
o poema que não
aconteceu.

Comentários

Postagens mais visitadas