Plenipoema

Wassily Kandinsky
 

















Plenipoema

re
voltar
re
voar
re
volver
o poema
re
moer
re
montar
re
moinhar
palavras
até o faro
fisgar
um farol no radar
lance furado
fora de alcance
ferida que se tenta
em vão fustigar
mas em fuga
se alastra feito câncer
: deixar o poema
sem palavras

Comentários

Postagens mais visitadas