Neurodemônios


























No cérebro,
pela medula espinhal,
exército vindo
de estados terminais
avança contra a linguagem.

Invisível no espectro
de ampliação mais vasta,
devasta as muralhas
espalhadas por décadas
de combates violentos
sempre terminados
em 0 X 0.

Nervos rompidos,
falência múltipla
de qualquer sentido;
crimes e carnificinas
caem no esquecimento
como o nome da mulher de bermuda preta,
havaianas lilás entre joanetes,
lenço na cabeça
atravessada por bala perdida.

Comentários

Postagens mais visitadas