segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Exportar é o que importa

Voltei ao título original deste poema inspirado no lema criado pelo governo do ditador João Baptista de Figueiredo . Na verdade, a frase corresponde à atualização do “exportar é a solução”, dos golpistas de 64, ou antecipa o slogan “exportar para viver”, do FHC. Não sei se o Michelzinho já cunhou uma pérola semelhante para o regime de 64 restaurado sob a batuta do mimoso poeta Temer com o luxuoso auxílio da mídia e do aparato pomposo-kafkiano do Judiciário. Tá legal, o modelo é diferente, mas o tecido é o mesmo.

Bebês resgatados pela polícia em Camboriú em 1986 Foto: Carlos Pereira / Agencia RBS
















Exportar é o que importa

bebês postalizados
à venda
perfeitamente
ilegais
mas sem problemas
com alfândega
e fisco
orientais
negros
caucasianos
saúde de ferro
exames completos
DNA anexo
sigilo sagrado

em caso de troca
cobramos dobrado



Cica dos oitis

Cica dos oitis      Um contrassamba para Hélio Oiticica O sol cica dos oitis seca redundância um gole de parangolé pin...