Novas banhistas

Trabalho do fotógrafo japonês Daido Moriyama



As banhistas largaram recatos regatos / em fuga de telas molhadas de beleza / agora as águas vêm de canos enferrujados / impregnadas de lodo mijo sangue menstrual / quase sem pressão volume velocidade /partículas suspensas não removem as impurezas impressas na pele / ouve-se o barulho de expansão hídrica entre pálpebras de chumbo.



Comentários

Postagens mais visitadas