3 poemas de Sopa & veneno, 1976



























Comemoro os cinquenta anos de Sopa & veneno, de 1976, meu primeiro livro de poemas para sempre inédito, lançando aqui três textos  que o alimentaram.

Execução

Dez gatilhos.
Oitenta estampidos.
Dois corpos caído no chão.

Almoço

A mesa
está posta
a posta
de peixe
sem espinhas
causa espanto
na mesa da miséria.

Melancolia

lança
me            céu
limpo
de              lua
canto
me             fia
tempo
só              foz
rompe
me             fel
tanto
me            vou
tonto
de             voo
ponte
me            cai
longe
me            doo
tinta
do             dia


Comentários

Postagens mais visitadas