segunda-feira, 4 de abril de 2016

Intolerância

















Intolerância

Colar de cóleras
em volta de palavras
enunciadas
em modo cinza:
pragas
escandidas como cercas,
celas,
cárceres,
covas.

De dedo em riste
rábulas
apagam
laços,
sonegam
espaços exíguos,
geram
pânico,
súplica,
suplício.

Desertificar a palavra:
lançá-la como estigma
ou gás Zyklon B 
na mesa de cassino
das leis,
eis seu ofício:
decretar a pena de corte
de todas as rosas vermelhas
da pequena florista
que não vende flores de retórica.


Cica dos oitis

Cica dos oitis      Um contrassamba para Hélio Oiticica O sol cica dos oitis seca redundância um gole de parangolé pin...