terça-feira, 19 de abril de 2016

Arco vazio
















Arco vazio

Santificados
os que te dizimaram
com fé e varíola.

A pátria
apaga tuas terras
com a gula dos agiotas.

Em alguma narrativa acadêmica
do carreirismo doutoral
nas linhas de prosa pétrea
legal
teses caridosas
novas re
marcações
os furos de bala
a perfurar novas pinturas
os furos das cerimônias
oficiais re
marcam velhas cicatrizes
no peito triunfante dos civilizados
medalhas e autocomplacência.

Chamam a matança
de tua gente
"páginas do desenvolvimento
nacional".

Metafísicos compassivos
cospem verdades cósmicas
"os índios vivem em nós".

Difícil segurar a ira
ou o riso.

Poucas flechas,
tantos cafajestes.




Cica dos oitis

Cica dos oitis      Um contrassamba para Hélio Oiticica O sol cica dos oitis seca redundância um gole de parangolé pin...