Pular para o conteúdo principal

Postagens

Destaques

Hans-Curt Flemming

Em qualquer porta atravessada por alguém capaz de ultrapassar as próprias margens caberia o aviso do poeta alemão Hans-Curt Flemming.
Um bilhete na minha porta:
estou em busca de mim daí que não me encontrem por enquanto
até lá o que se parece comigo é só embalagem
In Entre a guerra e o muro: coletânea bilíngue comentada. Seleção, tradução e notas Rui Rothe-Neves e George Wink. Belo Horizonte: Tessitura: Faculdade de Letras, 2007, p. 82.

Últimas postagens

4 haicais

Sonho de Adrian Leverkühn vira fumaça

Fuga da cidade morta

O irrecuperável

Sob o céu de Lisboa

Praia dos párias

O craque

Defeito de fabricação

Desacontecimento

Tempus fugit

Entreforapoema

Uns vão em frente, outros para o lado, alguns a lugar nenhum; há os que seguem para o alto, vistos por todos aqueles que param. Prefiro ir para o fundo.

Olho de Sauron

vdd

Pausa

Onde tudo desaparece